Encontro foi promovido pela Subcomissão Especial de Seguridade Social da Mulher da Câmara, presidida pela deputada federal Fernanda Melchionna (PSOL/RS).

Mais de 200 pessoas participaram da audiência pública sobre os impactos da Reforma da Previdência na vida das mulheres e da classe trabalhadora em Três Cachoeiras na última quinta-feira (6 de junho). A atividade contou com a participação e apoio do Movimento dos Pequenos Agricultores, Econativa, Movimento de Mulheres Camponesas, CPERS – 13º Núcleo Osório, Associação dos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais do Litoral Norte RS – FETAG – RS, Núcleo litoral solidário –  Regional Sindical Litoral – Rede de Agroecologia ECOVIDA, Pastoral da Juventude Rural, SIMTEC e Centro dos Professores Municipais de Torres.

A atividade foi uma promoção da Subcomissão Especial de Seguridade Social da Mulher da Câmara dos Deputados, presidida pela deputada federal Fernanda Melchionna (PSOL/RS) A Subcomissão especial é a primeira com recorte de gênero dentro da Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados. Atividades oficiais também foram realizadas em Pelotas, Porto Alegre e em outros estados brasileiros.

“Serão inúmeros os prejuízos à sociedade, caso o projeto da Reforma da Previdência, em curso na Câmara dos Deputados, seja aprovado. Dessa forma é urgente debatermos as consequências nefastas para a população no que toca o seu direito à aposentadoria”, afirma a deputada Fernanda Melchionna.

De acordo com ela, a desconstitucionalização dos direitos sociais e a implementação do regime de capitalização, que na prática é o fim da aposentadoria garantida pelo Estado, farão com que o Brasil tenha uma população de idosos e idosas miseráveis. Além disso, é preciso discutir os impactos da reforma também na vida das mulheres, que serão obrigadas a trabalhar mais, sem contar a tripla jornada de trabalho a que já são submetidas.

Cadastre-se para receber informações do mandato e novidades sobre as nossas lutas!