Queremos que o IMESF seja transformado em empresa pública!

O governo de Marchezan sequer esperou ser notificado da decisão do Supremo Tribunal Federal, que considerou inconstitucional o Instituto Municipal de Estratégia em Saúde da Família (IMESF), e já saiu anunciando a demissão de mais de 1800 trabalhadores que atendem a atenção primária em Porto Alegre. O fim do Imesf pode resultar na paralisia da saúde pública da capital. Assine o abaixo-assinado contra a demissão dos trabalhadores do Imesf e em defesa da saúde pública de Porto Alegre!

Apoiamos a iniciativa do vereador Roberto Robaina para que o Imesf seja transformado em empresa pública. A saúde de Porto Alegre não vai se entregar tão fácil ao projeto de Marchezan que quer privatizá-la a todo custo!