Queremos construir uma sociedade ecossocialista e lutar contra o modelo de sociedade que colocar o lucro acima da vida. O desenvolvimento do Brasil só pode acontecer se for feito de forma sustentável. Os recentes crimes ambientais de Mariana e Brumadinho, em Minas Gerais, colocam a necessidade de lutar contra os ataques às legislações de proteção do meio ambiente e os retrocessos do agronegócio. É preciso lutar também contra o PL do Veneno, garantir a universalidade de saneamento básico e água potável para a população e estimular o uso de energias renováveis.

Nossas bandeiras

  • Contra o PL 6.299/2002, conhecido como PL do Veneno;
  • Contra os retrocessos na Lei Geral de Licenciamento Ambiental;
  • Garantia de acesso à água potável e saneamento básico para toda a população;
  • Valorização da agricultura familiar e da produção orgânica;
  • Combate ao uso de plástico;
  • Apoio às iniciativas que disseminem a cultura de alimentação vegetariana na sociedade;
  • Proteção de fauna e flora brasileira contra a exploração estrangeira de registros de propriedade intelectual;
  • Fazer reforma agrária que preserve o meio ambiente e proporcione terra para quem nela trabalha;
  • Estímulo ao uso de energia solar, eólica e maremotriz.
  • Defesa das reservas ambientais, áreas de preservação, terras indígenas e quilombolas;
  • Chega de sermos dependentes da exportação da soja transgênica!
  • Chega de extermínio da população indígenas e quilombolas. Pela
  • demarcação e preservação das terras indígenas e quilombolas.
  • Revogação do Código Florestal e do Código de Mineração Públicas;
  • Defesa de políticas públicas que pensem a proteção animal e apoio a ações que estimulem a cultura do vegetarianismo e veganismo.

Cadastre-se para receber informações do mandato e novidades sobre as nossas lutas!