“Não daremos cheque em branco para Marchezan”, afirma Fernanda Melchionna

No dia em que a Câmara de Vereadores de Porto Alegre começa a discutir o projeto de lei do Executivo que revisa a planta do IPTU em Porto Alegre, a vereadora Fernanda Melchionna apresentou um comparativo entre os valores da planta venal atual e da nova planta proposta pelo projeto da Prefeitura. “Trata-se de um […]

25 set 2017, 13:44 Tempo de leitura: 1 minuto, 26 segundos
“Não daremos cheque em branco para Marchezan”, afirma Fernanda Melchionna

Fonte:

No dia em que a Câmara de Vereadores de Porto Alegre começa a discutir o projeto de lei do Executivo que revisa a planta do IPTU em Porto Alegre, a vereadora Fernanda Melchionna apresentou um comparativo entre os valores da planta venal atual e da nova planta proposta pelo projeto da Prefeitura. “Trata-se de um projeto que não corrige as distorções tributárias atuais e ainda impõe um tarifaço que atinge principalmente a classe média e a população pobre, que já sofrem com a crise econômica”, apontou Fernanda Melchionna. 

Featured image

A vereadora mostrou que há logradouros em áreas nobres da cidade, como a Avenida Tulio de Rose (Bairro Parque Germânia), por exemplo, em que há aumento de 9% no valor venal dos imóveis e, por outro lado, há logradouros situados entre bairros nobres e populares, como a Rua São Mateus (Bairro Bom Jesus) em que há aumento de mais de 300%. “O projeto chegou em agosto e Marchezan já quer votar o projeto a toque de caixa sem que haja discussão com a cidade. É inadmissível não ter nenhum mecanismo de simulação do aumento dos valores do IPTU disponível para a população. Nós não vamos dar um cheque em branco para a Prefeitura ainda mais sobre esse projeto que tem impacto na vida e no bolso de milhares de porto-alegrenses! Nós defendemos a progressividade do imposto do IPTU com a taxação dos mais ricos”, finaliza a vereadora. O comparativo foi resultado de um pedido de informações à Prefeitura proposto pelo mandato da vereadora Fernanda Melchionna. O documento pode ser acessado através do link: https://goo.gl/z3eA37