A bancada do PSOL na Câmara pressiona o governo federal para que decrete Estado de Calamidade e solicita o envio de Indicação ao Poder Executivo propondo a abertura de crédito extraordinário no valor de R$ 1.112.000.000,00 (um bilhão e cento e doze milhões de reais) em favor do Ibama e do ICMBio para o controle, combate e prevenção aos incêndios florestais no país, especialmente no bioma Pantanal. Solicita também o envio da Força Nacional nesta empreitada. É urgente que sejam feitos todos os esforços institucionais para debelar esses incêndios.

“A região do Pantanal já perdeu cerca de 20% de sua área. O governo vem desmontando os órgãos ambientais e o ministro Ricardo Salles e o presidente Jair Bolsonaro precisam ser criminalizado por isso. Quem está apagando fogo é a comunidade local, indígenas, pesquisadores. O Estado de calamidade precisa ser decretado imediatamente para que não se poupe nenhum esforço de uso de recurso e envio de pessoal para resolver o problema”, afirma Sâmia Bomfim (SP), líder da bancada.

A partir deste sábado (19.09), uma comissão de parlamentares viajará ao Pantanal para verificar de perto a gravidade da situação. O PSOL na Câmara protocolou ainda esta semana um Requerimento de Convocação do ministro Ricardo Salles. Sâmia fez um pronunciamento em que convoca os brasileiros a participarem no dia 25.09 do Ato Global pelo Clima, que integra calendário internacional. Em São Paulo, será às 18h30, com concentração em frente a sede do Ibama a partir das 17h.

Cadastre-se para receber informações do mandato e novidades sobre as nossas lutas!

Vem ser PSOL!

Os tempos difíceis nos exigem muita capacidade de luta e organização! Vem ser PSOL e fortaleça a luta contra o governo Bolsonaro!

Quero me filiar