EDUCAÇÃO

Educar nosso povo para a emancipação com investimento prioritário em educação pública e de qualidade. Primar pela educação crítica que prepara os jovens para encarar a vida de frente. Precisamos também lutar contra as tentativas de censurar educadores e tratar das questão envolvendo gênero e sexualidade nas escolas.

Nossas propostas:

  • Investimento de 10% do PIB em educação pública;
  • Valorização dos direitos do professores e trabalhadores da educação;
  • Valorização do magistério: aumento e cumprimento do piso nacional dos professores;
  • Investimento substancial na produção de Ciência e Tecnologia para tirar nosso país da dependência dos países ricos;
  • Realizar um Programa Nacional de creches comunitárias e, de baixo para cima, garantir a educação infantil;
  • Não à Reforma do Ensino Médio!
  • Valorização da educação  pública e gratuita;
  • Posição firme contra projetos que pretendam facilitar o domínio de grandes corporações sobre o sistema educacional;
  • Luta por uma Escola sem Mordaça;
  • Discussão de gênero e sexualidade nas escolas para contrapor o bullying, violência doméstica e demais discriminações;
  • Anistia aos endividados do FIES;
  • Valorização e reforma dos museus nacionais;
  • Plano Nacional de Educação contra o machismo, o racismo e a LGTBfobia
  • Não à cobrança de mensalidades nas universidades públicas;
  • Contra o cortes em bolsas de mestrado e doutorado, programas de inovação e projetos de pesquisa nas Universidades Federais;
  • Destinar mais dinheiro para a educação, inclusive os bilhões apreendidos nos escândalos de corrupção.