A deputada federal Fernanda Melchionna e o vereador de Porto Alegre Roberto Robaina, ambos do PSOL, promoveram uma reunião na tarde desta sexta-feira (5) entre os trabalhadores da área da Saúde e a direção do Hospital Presidente Vargas (HPV). Participaram do encontro o diretor do HPV, Cincinato Fernandes, o representante do Simpa, João Ezequiel, e Inelio Figleski, também representando o HPV.

“Se tem uma prioridade que o serviço público precisa ter neste momento de pandemia é a dignidade dos trabalhadores da saúde. O HPV é um hospital que historicamente se preocupa e se especializa com a saúde das mulheres e que os trabalhadores costumam ter uma boa relação. A nova direção já está respeitando a gestão dos plantões anteriores. É um dos poucos locais onde não foi implementado o Decreto do Marchezan, uma vez que esse foi revogado pelo DL 426/20 promulgado pela Câmara Municipal, o que mostra respeito aos trabalhadores, que estão sobrecarregados e estressados nos últimos anos”, afirma Fernanda.

Na manhã de quinta-feira (4), os parlamentares e os representantes dos trabalhadores se reuniram com a Secretaria Municipal de Saúde para tratar do tema. O principal encaminhamento foi a criação de um grupo de trabalho para debater a questão dos plantões entre o poder público e os servidores.

Cadastre-se para receber informações do mandato e novidades sobre as nossas lutas!

Vem ser PSOL!

Nossa luta não começa nem termina nessas eleições. Depois do primeiro turno, em que comemoramos a derrota dos candidatos, apoiados por Bolsonaro e a votação expressiva e vitoriosa do PSOL, em diversas capitais, gostaríamos de te convidar pra ser parte do partido que mais cresce no país!

Quero me filiar