• Requerimento de convocação do ministro interino da Saúde foi protocolado na manhã desta segunda-feira, 08/06

Mais de 36 mil mortes. Os números da Covid-19 no Brasil são alarmantes e o país já é o novo epicentro mundial da pandemia. “É nesse cenário dramático que, conforme amplamente divulgado pela imprensa, o Ministério da Saúde retardou, por dias consecutivos, a liberação dos dados sobre a COVID-19, com atrasos claramente orientados para dificultar a divulgação dos dados”, destaca o requerimento.

Os deputados também ressaltam que o Brasil segue na contramão das políticas de saúde defendidas por especialistas, cientistas e gestores públicos mundo afora: “O Presidente da República, Jair Bolsonaro, confrontou e menosprezou as orientações das autoridades sanitárias nacionais e internacionais no sentido de promover medidas de contenção, distanciamento social, restrição da circulação de pessoas e isolamento. O Presidente da República se isola como um dos últimos líderes negacionistas do mundo, ao lado dos ditadores de Belarus e Turcomenistão”, diz o texto.

Para a Bancada do Psol na Câmara, é nítido que a arquitetura institucional do Governo Federal, capitaneada por Bolsonaro e pelo Ministro da Saúde, tem o claro objetivo de ocultar os dados e violar o dever de transparência pública. “A sociedade brasileira precisa, com urgência, ter clareza sobre a política de gestão que será adotada pelo Ministério da Saúde”, conclui o documento.

Cadastre-se para receber informações do mandato e novidades sobre as nossas lutas!

Vem ser PSOL!

Os tempos difíceis nos exigem muita capacidade de luta e organização! Vem ser PSOL e fortaleça a luta contra o governo Bolsonaro!

Quero me filiar

Copyleft © 2020 Fernanda Melchionna
O conteúdo deste site, exceto quando proveniente de outras fontes ou onde especificado o contrário, está licenciado sob a Creative Commons by-sa 3.0 BR.