Fernanda Melchionna denuncia indícios de irregularidades na planilha tarifária do transporte público da capital

Fernanda denuncia irregularidades na planilha tarifária do transporte público

Fernanda denuncia irregularidades na planilha tarifária do transporte público

A vereadora Fernanda Melchionna (PSOL) denunciou, na tarde desta quarta-feira (26/08), na tribuna da Câmara Municipal, irregularidades a respeito do transporte coletivo de Porto Alegre. Fernanda afirmou que as empresas de ônibus estão lucrando ilegalmente em cima dos trabalhadores da capital.

“Os valores do óleo diesel apresentados por algumas empresas no início do ano na planilha que determinou o aumento do valor da passagem em janeiro de 2015 são diferentes e maiores daqueles que as mesmas empresas apresentaram em junho desse ano para a licitação. Esses dados (conforme anexo: a empresa Belém Novo apresentou o valor de R$ 2,61 e a Sopal R$ 2,73 para o preço do litro em fevereiro deste ano e para licitação R$ 2,53 e R$ 2,68, respectivamente) colocam dúvida sobre toda a planilha de 2015”, denuncia Fernanda.

Em junho de 2015 (mês da cotação do insumo para a licitação), empresas apresentam valores mais baixos de óleo diesel do que as apresentadas em janeiro de 2015, mesmo após o agravamento da crise econômica, a retirada de subsídios dos combustíveis e o notório aumento nas bombas para o consumidor. A parlamentar chamou a licitação de “licitação de cartas marcadas” já que a única empresa que não opera em Porto Alegre foi desclassificada e destacou que irá buscar o Tribunal de Contas do Estado para esclarecer esses indícios de ilegalidade.

Se os valores do óleo diesel são diferentes, é de se perguntar se outros itens da planilha também estão adulterados, reforçando as suspeitas que já recaem há anos sobre tal documento. Vamos questionar a licitação”, concluiu.

Os vereadores do PSOL Fernanda Melchionna e Prof. Alex Fraga formalizarão as denúncias ao Ministério Público de Contas e ao Ministério Público do Estado nos próximos dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *