Apoio à greve dos educadores

Nesta quarta, 28 de agosto, a bancada do PSOL protocolou na Câmara Municipal uma moção de apoio à greve dos trabalhadores em educação.  Confira o texto na íntegra:

MOÇÃO DE SOLIDARIEDADE

Aos educadores da rede de ensino público do Rio Grande do Sul, que entraram em greve a partir de 26 de agosto de 2013.

Pelos Motivos que passo a expor:

A greve do magistério foi aprovada na sexta-feira em assembleia geral da categoria, realizada em Porto Alegre, com a presença de 3 mil pessoas.

Os educadores da rede pública estadual, há muitos anos, já vivem em um estado de sucateamento de sua profissão. Recebem R$ 977 por mês como remuneração básica para uma jornada de 40 horas semanais, enquanto o piso nacional é de R$ 1.567. O Cpers reivindica, ainda, a regularização de promoções atrasadas e a criação de um piso para os demais funcionários das escolas.

Além do piso nacional do magistério, o movimento paredista deflagrado também é contrário à implantação do plano de reforma do Ensino Médio, que insere o ensino politécnico no estado do Rio Grande do Sul. Um projeto que vem sendo implantado gradualmente para as escolas públicas gaúchas em breve poderá fazer parte do ensino de todos os brasileiros e brasileiras que não possuem condições de pagar uma escola privada.

Com o distanciamento das matérias fundamentais (português, matemática, história), estudantes de escola pública, ficarão ainda mais longe da possibilidade de ingressar numa universidade. Trata-se de um projeto imposto pelo Governo do Estado, sem o necessário debate com os estudantes, pais e categoria dos professores, ou seja, sem ouvir a totalidade da comunidade escolar.

Nesse sentido, reiteramos nosso compromisso e nossa solidariedade aos professores que constroem a educação dos estudantes da rede pública de ensino.

Solicito que esta moção seja encaminhada ao(s) destinatário(s) a seguir relacionado(s):

 

CPERS Sindicato;

Governador do Estado do Rio Grande do Sul;

Secretaria de Educação do Rio Grande do Sul.

 

Porto Alegre, 28 de agosto de 2013.

Vereadora Fernanda Melchionna             Vereador Prof. Alex Fraga

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *