Relatório sobre violência policial nas manifestações de junho é entregue à Secretaria de Justiça e Direitos Humanos

Na manhã desta terça, 27 de junho, a vereadora Fernanda Melchionna, presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, e a advogada Mariana Santiago Santos, do Serviço de Assessoria Jurídica Universitária da Ufrgs, foram recebidas pela secretária adjunta de Justiça e Direitos Humanos do Estado, Maria Celeste de Souza da Silva.

A reunião foi agendada para a apresentação do dossiê “Manifestações em Porto Alegre: violações de direitos humanos por parte da Brigada Militar”. O documento foi produzido pela Comissão de Direitos Humanos a partir de uma oitiva com jovens que sofreram violência policial durante os protestos de junho.

“Foram bárbaras violações de direitos. Os depoimentos dos 17 jovens que participaram da oitiva foram muito fortes”, afirmou Fernanda, que destacou que pessoas que nem estavam no protesto chegaram a ser encaminhadas ao Presídio Central e que jovens que sequer se conheciam foram acusados de formação de quadrilha, além de sofrerem diversas agressões físicas e verbais.

Fernanda também lembrou do trabalho de Maria Celeste que, quando vereadora, esteve à frente da Comissão de Direitos Humanos e atuou no caso das agressões a jovens no episódio do “Tatu Bola”. A secretária adjunta afirmou que o relatório será encaminhado à Secretaria de Segurança Pública do Estado e à Corregedoria da Brigada Militar.

Na próxima semana, no dia 4 de setembro, o dossiê será apresentado pela Comissão à Secretaria de Segurança Pública.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *